1 de maio de 2018 Comentários (0) Datas Comemorativas, Fauna e Flora

Dia do Pau-Brasil : História e curiosidades da árvore que deu origem ao nome do país

Dia do Pau-Brasil : História e curiosidades da árvore que deu origem ao nome do país
Compartilhe em suas redes favoritas

Dia do Pau-Brasil – A data de hoje (03/05) foi escolhida para comemorar a árvore que deu origem ao nosso país. Aliás, o dia de hoje foi criado em dezembro de 1978 com a Lei 6.607, que definiu a espécie como Árvore Nacional.

O objetivo do DIA DO PAU-BRASIL é organizar ações de reflorestamento e conscientização em escolas e nas comunidades sobre a importância desta espécie para a história do Brasil, criando o senso de proteção para evitar a exploração ilegal da árvore.

A Macboot é uma empresa que se tornou pioneira e referência em SUSTENTABILIDADE ao trazer o slogan “Respeite seu Planeta” e desenvolver projetos como o Click e Plante, que resultou em mais de 1,5 milhão de árvores plantadas no Brasil, portanto, nossas homenagens à data de hoje.

Pau-Brasil – árvore em extinção

Devido à exploração predatória, desde o Descobrimento, dos milhões de exemplares que existiam no país restaram poucos nos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia.

O pau-brasil está desde 1992 na lista brasileira de árvores com risco de extinção.

O pau-brasil é a única árvore no país que é protegida por uma lei exclusiva, que considera a exploração e exportação da madeira ilegal.

O Programa Nacional de Conservação do Pau Brasil, instituído pela Portaria nº 320/2012 e publicada no Diário Oficial da União, foi criado pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, com o objetivo de promover ações estratégicas destinadas à conservação da espécie e do seu habitat natural.

10 curiosidades sobre o Pau-Brasil

De cor vermelha-fogo, o pau-brasil tingia, com a cor de reis e nobres, os linhos, as sedas e os algodões das cortes europeias.

1) As árvores se cobrem de flores amarelas de outubro a novembro, e podem atingir a até 30 metros de altura na floresta nativa;
2) A madeira é pesada, lisa e dura e pode ser talvez a mais valiosa do mundo, pois é considerada incorruptível, por não apodrecer e não ser atacada por insetos.
3) Também é conhecido por ibirapitanga, pau-vermelho, pau-de-pernambuco, arabutã, ibirapitã, muirapiranga, orabutã, pau-rosado e pau-de-tinta;
4) O nome científico Caesalpinia é uma homenagem ao médico e botânico italiano Andrea Cesalpino, que viveu no século XVI.Echinata significa “cheio de espinhos” em latim, e Lam é a abreviatura de Lamarck que, em 1789, descreveu a espécie pela primeira vez.
5) Em três séculos, foram derrubadas sete milhões de árvores, mais de três mil toneladas por ano;
6) Ibirapitanga, para o índio. Pau-brasil, para o colonizador português.
7) De cor vermelha-fogo, o pau-brasil tingia, com a cor de reis e nobres, os linhos, as sedas e os algodões das cortes europeias.
8) O uso do pau-brasil restringe-se hoje à fabricação de arcos de violinos, por causa de sua escassez;
9) O ciclo econômico do Pau-Brasil teve início em 1503; até trinta anos após a chegada dos portugueses, era esse o único recurso explorado;
10) Pode ter algumas propriedades medicinais e tem sido utilizado como um adstringente e antidiurético pelos habitantes locais, extratos foram testados como tratamentos para câncer.

Música Pau-Brasil, por Gedeão da Viola

Sua música “Pau-Brasil” foi por mais de 10 anos abertura do programa “Viola, minha viola“, apresentado por Inezita Barroso na TV Cultura de São Paulo. A mesma música foi trilha sonora da novela “Serras azuis”, na TV Bandeirantes, juntamente com outra também de sua autoria: “Solidão sertaneja”. Em Brasília, num festival de violeiros, representou o Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish